Tortinha tipo portuguesa

tortinha quase portuguesa

O Jamie Oliver diz que faz uma tortinha tipo portuguesa num daqueles programas de 30 minutos. Mas cá entre nós, não é bem um pastel de Belém como ele diz que é. Mas vale a pena, ainda assim! Apesar de eu ter tido algum problema com a massa folhada que não funcionou exatamente como na televisão, a tortinha ficou excelente.

farinha de trigo para polvilhar
– 20 cm quadrados de  massa folhada pronta em rolo descongelada
canela em pó
– 3/4 de xícara de creme de leite fresco
– 1/4 de xícara de iogurte
– 1 ovo
– 1 colher de chá de essência de baunilha
– 5 colheres de sopa de açúcar
– 1 laranja (casca e suco)

Na véspera de fazer a tortinha, misture o creme de leite fresco com o iogurte e deixe na geladeira.
No dia de fazer, esquente o forno a 200° C. polvilhe uma superfície com farinha e coloque a massa folhada em cima. Corte um quadrado de 20 cm. O Jamie Oliver polvilha canela na massa e enrola ela como se fosse um rocambole e depois corta fatias que ele esmaga na formilha. Minha massa folhada não esmagava por nada. Ela era muito seca e ainda que eu apertasse muito as folhas não se uniam. Minha solução foi forrar as forminhas com as folhas de massa que eu já tinha cortado. Mas fiquei pensando que se fosse começar de novo, eu cortaria quadrados um pouco maiores do que o diâmetro de cada forminha individual e forraria cada uma delas desencontrando as pontas do quadrado. Dê um jeito de forrar suas forminhas e leve ao forno pré-aquecido por 8 a 10 minutos, na prateleira superior. Elas ficarão levemente coradas.

Enquanto isso, coloque a mistura de iogurte e creme de leite numa tigela, adicione o oco, a baunilha, 1 colher de sopa de açúcar e a casca da laranja. Misture bem.

Tire a massa do forno e recheie cada forminha de massa com o creme líquido. Leve de volta ao forno e asse por mais 8 minutos.

Em uma panela pequena coloque o suco da laranja, 4 colheres de sopa de açúcar. Leve ao fogo alto e mexa bem só até começar a esquentar. Depois pare de mexer e fique de olho para não queimar o caramelo. A calda vai ferver bem e reduzir ficando com a cor de caramelo. Tire antes que queime.

As tortinhas já devem estar fora do forno e ainda quentes. Assim que o caramelo ficar pronto coloque por cima do recheio.

Coma a tortinha morna, fica ainda mais gostosa.

ReceitasTortas

PriBorges • 15/09/2013


Previous Post

Next Post

Deixe uma resposta