Pizza caseira III – agora o pulo do gato

Na última edição da nossa pizza, introduzimos a receita da massa sem sova que já é uma tradição aqui do Gororoba. No sábado passado, porém, a Pri descobriu que tínhamos esquecido uma parte da receita. Pois é. Não que ela não tenha ficado boa, pelo contrário. Mas dessa vez descobrimos uma parte que a deixou ainda melhor. Na vez anterior, deixamos a massa descansar, colocamos o recheio sobre ela e depois forno. Ficou ótima. Porém, a novidade é que antes de por o recheio, você pode assar a massa por cerca de 7 minutos. Isso vai fazer com que ela dê uma selada e cresça um pouco. É uma pizza diferente da primeira e acho que a primeira ainda funciona.

Dessa vez, nosso recheio foi de muçarela, tomate pelado (ficou muito bom isso), parmesão, cebola roxa (eu sei, eu sei, é meio incomum, mas eu adoro cebola e a pizza é minha; faz a sua como você quiser), azeitonas e alho frito (que eu pus só quando tirei do forno, antes de servir) e o ingrediente especial: basílico italiano – da horta, cuja semente eu ganhei de presente e é da segunda geração de uma semente que veio direto da Itália (tá pensando o quê?). Foi a primeira vez que eu usei o basílico. Delicioso.