4

Canjica com ameixa seca

Junho é mês de canjica. Dependendo de onde você está a festa junina é dispensável, mas a canjica não. Em Brasília tinha muita festa junina boa e eu adorava comer canjica nas festas. Quando me mudei para São Paulo foi uma decepção, festa junina não é com eles. Foi aí que eu aprendi a fazer canjica em casa e descobri que eu podia fazer canjica muito mais gostosa do que as das barraquinhas que as vezes chegavam frias na minha mão.

Semana passada, estava despretenciosamente fazendo compras no supermercado quando vi o pacote de canjica. Incrível, as canjicas ficam lá o ano todo, mas em junho elas aparecem na nossa frente. Peguei pensando em fazer a canjica tradicional com leite de coco. Mas quando virei o pacote vi a sugestão de fazer canjica com ameixa seca e resolvi criar baseado nessa ideia. Nem preciso dizer, se está aqui é porque ficou bom.

– 1 xícara de canjica
– água (o suficiente para cozinhar a canjica na panela de pressão)
– 1 pau de canela
– 3/4 xícara de leite
– 3 colheres de sopa de açúcar
– 140g de ameixa seca com caroço

Coloque a canjica na panela de pressão, cubra com água a ter aproximadamente 2 dedos de água por cima dos grãos. Junte a canela em pau, feche a panela e ligue o fogo. Depois que pegar pressão deixe cozinhar por 25 minutos. A canela perfumará toda a casa durante esse tempo.

Enquanto isso prepare as ameixas. Retire o caroço e reserve. Pique as ameixas em quatro. Depois pegue os caroços e com a ajuda de um espremedor de alho quebre cada uma. Dentro delas há uma castanha deliciosa que não pode ser desperdiçada. Quebre um a um, separe as castanhas e vá juntando as cascas quebradas da semente numa xícara. Você vai reparar que ao quebrar a semente além da castanha há um líquido dentro da semente. Esse líquido é um extrato muito saboroso. Para aproveitar todo esse sabor, coloque as cascas numa xícara, depois coloque um pouco de leite na xícara até cobrir as sementes. Ponha no microondas por alguns segundos para esquentar um pouco o leite. Eu coloquei na potência 70 por 30 segundos. Mexa com uma colher, o leite ficará marrom claro ao ir se misturando à essência. Reserve.

Passados os 25 minutos, desligue a panela de pressão, tire a pressão pela válvula (nada de colocar a panela embaixo da água fria, pois isso pode danificar sua panela). Abra a panela, se você achar que há muita água na panela e que a canjica vai ficar com muito caldo, retire um pouco da água. Caso contrário é só adicionar o leite, o açúcar, as ameixas picadas, as castanhas das ameixas e o leite com essências. Utilize um coador para colocar o leite com essências, pois você quer só o leite e não os pedaços do caroço da ameixa. Coloque a panela destampada em fogo baixo, mexa um pouco (não precisa mexer o tempo inteiro) e cozinhe até obter um caldo grosso. Não costuma demorar muito, mas o tempo depende do tanto de água que tinha na panela.

Sirva bem quentinho numa noite fria.

ReceitasSobremesasSopas

PriBorges • 24/06/2012


Previous Post

Next Post

Comments

  1. Mariza Monteiro Borges 24/06/2012 - 22:25 Reply

    Deve ser uma delícia.

    • gugomes 25/06/2012 - 21:45 Reply

      Ouvi dizer que foi você quem inventou essa história de castanhas de ameixas. Que troço bom! É inacreditável.

  2. Mariza Monteiro Borges 26/06/2012 - 12:32 Reply

    É bom mesmo, Gu, só que eu tiro as castanhas para comer, nunca usei em algum prato…
    Outra coisa, se vocês deixarem a canjica de molho por algumas horas, ela cozinhará em menos tempo.

  3. Clarissa 11/06/2013 - 17:10 Reply

    Acabei de fazer! Delícia!

Deixe uma resposta