Espaguete caseiro com Sururu

No sábado passado acordei com vontade de fazer um macarrão caseiro e resolvi aproveitar um sururu que tem aqui em casa (ainda). A gente ainda compra macarrão seco no supermercado, mas toda vez que fazemos um caseiro eu me lembro de como é muito mais gostoso. Impressionante.

Ingredientes da massa (para 2 a 3 pessoas, dependendo da fome)

– 1 xícara de farinha de trigo
– 1/2 xícara de semolina (dá pra fazer tudo com semolina, grano duro, essas coisas; a gente esqueceu que tinha em casa e usou farinha normal)
– 3 ovos
– 1/2 colher de sopa de óleo
sal

Junte a farinha de trigo, os ovos, o óleo e o sal e faça uma massa homogênea. No nosso caso a gente usou a máquina de pão que sova e descansa a mansa por 1 hora. Acho que deve ser esse o tempo. Nota: A semolina nós usamos para completar o ponto da massa e para passar pelo cilindro. Eu expliquei o processo com mais detalhes quando fizemos nossa lasanha e o macarrão azul. A dica adicional fica por conta de polvilhar bastante farinha antes de passar a massa pela ferramenta de corte. Assim você pendura ela com farinha e a chance de grudar uma na outra é menor.

Cozinhe o macarrão enquanto prepara o molho (abaixo) é mais ou menos o mesmo tempo. Coloque uma quantidade razoável de óleo na água para garantir que não vai grudar. O ponto é, naturalmente, al dente. Cuidado para não comê-lo puro mesmo quando for provar. É gostoso demais.

Ingredientes para o “molho” de sururu

– 1 1/2 xícara de sururu descongelado e escorrido (se puder secar melhor ainda)
– 1 tomate grande picado em cubos
– metade de uma mini abóbora verde que funciona como se fosse uma abobrinha – um pouco mais dura, mas ainda amarelada (por fora a casca parece de melancia e ela tem uns 12 cm de comprimento e uns 6 de largura); descascamos e tiramos lascas com um descascador até chegar às sementes que jogamos fora
– 2 dentes de alho cortados em fatias finas
sal
azeite
glutamato monossódico (ajinomoto)
manjericão fresco (da horta)
pimenta-do-reino 

O “molho”, se vocês me permitem usar esse termo que talvez seja um pouco impreciso, é ultra rápido. Frite o óleo com um fiozinho de óleo e quando ele começar a dourar nas bordas, coloque o sururu e fique mexendo até ele secar, mas sem queimar nem grudar nada no fundo da panela. Quando der esse ponto, coloque o tomate, a abóbora, sal e ajinomoto (acredite, combina muito bem), e refogue por mais uns 2 ou 3 minutos e tire do fogo. Não vai estar exatamente um molho, mas um refogado. É isso mesmo.

Agora é só montar. Num prato fundo, faça uma caminha com o macarrão deixando o centro um pouco mais raso. Coloque o molho no centro e depois um pouco de manjericão por cima. Polvilhe pimenta-do-reino e despeje azeite com liberalidade por todo o prato. Agora é só saborear.

Frutos do MarMassasReceitas

GuGomes • 26/10/2011


Previous Post

Next Post

Deixe uma resposta