Espaguete à mineira

Elementos tipicamente mineiros em uma macarronada. Quase um “macarrão tropeiro”. Mas o melhor de tudo é que é sem bagunça e relativamente rápido. A receita é para duas pessoas.

Ingredientes

– 300 g de espaguete
– 200 g de linguiça calabresa, daquelas fininhas, cortadas em rodelas muito finas (2 mm de espessura)
– 1 cebola cortada em meias rodelas bem finas
– 4 dentes de alho cortados em fatias bem finas
– 6 quiabos cortados em rodelas finas (até 4 mm)
– 1/2 chuchu fatiado e depois cortado em tiras finas (até 4 mm de espessura por 6 mm de largura)
– 1 colher de sopa de manjerona
pimenta-do-reino
sal
– 1 colher de sopa de manteiga de garrafa
– 1/2 copo de cachaça
– suco de 1/2 limão
– raspas da casca de 1/2 limão (o mesmo do suco)
parmesão fresco ralado (ou, quem sabe, um queijo minas bem curado, ralado?)

Enquanto você prepara os ingredientes, pré-aqueça o forno em temperatura alta. Coloque primeiro a linguiça em um refratário suficiente para conter mais tarde todos os ingredientes, inclusive o macarrão e leve ao forno. A ideia aqui é drenar a gordura da linguiça que será usada depois para “refogar” os demais ingredientes. Quando as linguiças começarem a ficar retorcidas e você ver que ela perdeu boa parte da gordura, retire do forno e coloque as cebolas e o alho, misture tudo e devolva ao forno.

Deixe até que as pontas da cebola comecem a queimar um pouco. Retire novamente do forno e despeje a cachaça. Misture bem até tirar todo o queimadinho que tiver na travessa. Adicione então o quiabo, o chuchu e tempere com a manjerona, pimenta-do-reino e sal a gosto, o suco de limão e, por fim, a manteiga de garrafa. Misture tudo, cubra o refratário com papel alumínio e volte para o forno. Agora a temperatura pode ser média. Deixe cozinhar por 15 a 20 minutos.

Enquanto isso, cozinhe o macarrão. Uma dica é quebrar o espaguete no meio. Ele vai se misturar melhor com os ingrediente assim. Cozinhe até ficar al dente e depois misture-o com o “molho” do forno próprio refratário. Por fim, coloque as raspas de limão sem misturá-las (motivos estéticos apenas). Sirva com parmesão fresco ralado.

MassasReceitas

GuGomes • 14/09/2011


Previous Post

Next Post

Deixe uma resposta