2

Escabeche 2: Beringela & Jiló

escabeche_beringela

Nesta segunda edição da nossa escabeche (a primeira encontra-se aqui) resolvemos substituir a sardinha por algo diferente. Aqui em casa nós raramente jantamos durante a semana. No geral fazemos um lanche que em boa parte das vezes leva um dos deliciosos pães da Pricila, ou as deliciosas tortas ou mais raramente uma sopa de minha autoria. Portanto, o acompanhamento do pão é algo muito importante. Nossa primeira escabeche de sardinha foi consumida nesse movimento lanche noturno.

Eu nunca fui muito de jiló, mas o acho uma fruta bonita. Me chamou dessa vez a forma como o talo se prende ao corpo dele e como isso era parecido com a beringela. Lembrando ainda que a carne do jiló e as suas sementes se assemelham muito às da beringela, pensei que poderiam combinar. (Pesquisando hoje, descobri que eles são mesmo do mesmo gênero: jiló: Solanum gilo; beringela: Solanum melongena.)

Nessa versão além de jiló, beringela e abobrinha em substituição à sardinha, estávamos sem vinho tinto nem vinagre balsâmico. Trocamos esses dois por vinagre comum de álcool e cachaça. Além disso, usei um pouco menos de açúcar porque, como eu gosto de pegar pimentões bem maduros, eles já são bem doces. Usei também pimentão amarelo e um pouco de óleo de gergelim.

Mudei também um pouco os temperos. Nessa edição colocamos sementes de mostarda preta e amarela, endro e manjerona, além de lourosalsa e pimenta (do-reino e calabresa). (O restante é o mesmo; veja a receita da versão original para os detalhes.)

Ficou delicioso. Tem dias que eu fico feliz no trabalho lembrando que ao chegar em casa vou comer esse negócio.

Receitas

GuGomes • 19/06/2011


Previous Post

Next Post