2

Pão integral de aveia, mel e beterraba

Depois de várias tentativas, consegui um pão integral com textura mais interessante usando a máquina de pão. Eu sempre modifico as receitas de pães para colocar um pouco de farinha integral na massa. Algumas vezes dá certo, outras nem tanto e o pão acaba com uma massa pouco trabalhada, pesada e sem liga. Hoje testei uma receita que no livro da máquina de pão é denominada “Pão de aveia com mel” e que usa o ciclo integral. Interessante que eu sempre faço pão integral, pois troco parte da farinha branca por integral e nunca tinha usado esse ciclo. A primeira coisa estranha é que o ciclo não começa com bater a massa, mas com um período de descanso. Como eu apertei para começar e a máquina ficou parada cheguei a achar que algo estava estragado. Desliguei e liguei a máquina, na tentativa de faze-la funcionar, nada. Vi o cronômetro funcionava, pois apesar da máquina estar parada ela contava o tempo para o término do bolo. Consultei a instrução da máquina para ver se tinha alguma informação especial sobre esse ciclo integral, mas também não tinha nada. Resolvi, então, abrir a máquina para ver se a forma estava desencaixada, mas não estava. Só que na hora que abri a tampa da máquina, senti um calor vindo de dentro dela e pensei que devia estar tudo normal, afinal ela não estava sem fazer nada, ela estava esquentando antes de misturar os ingredientes. Fiz uma pesquisa no google e descobri que esse descanso inicial de 30 minutos é importante para que a farinha integral absorva a água e não sei direito porque isso deixa o pão com uma textura mais leve. Deu certo, o pão ficou ótimo. Como sempre, modifiquei um pouco a receita, coloquei até farinha de beterraba. Abaixo a receita original com as minhas modificações em parênteses.

Pão de 900g.

– 320ml de água

– 1 1/2 colher de sopa de margarina

– 1 1/2 colher de chá de sal

– 2 colheres de sopa de mel

– 80g (1 xic) de aveia (em flocos finos e grossos)

– 320g (2 xic + 1/2 xic + 2 colheres de sopa) de farinha de trigo

– 120g (1 xic) de farinha integral (eu substitui por 1/4 xic de farinha de beterraba; 1/4 xic de farinha de mandioca + 1/4 xic de farelo de trigo + 1/4 xic de farinha de trigo)

– 2 1/2 colheres de chá de fermento biológico seco

Como sempre, colocar tudo na máquina de pão na ordem descrita na receita. Selecionar ciclo integral, tamanho III (para pães de 900 a 1200g), cor médio.

PãesReceitas

PriBorges • 31/03/2011


Previous Post

Next Post

Comments

  1. Amanda Nascimento 14/10/2013 - 16:40 Reply

    Oi, adorei sua página! Esse pão parece delicioso! Será que tem como sovar na mão? Não tenho a máquina….

    • priborges 15/10/2013 - 10:08 Reply

      Amanda, se você tiver experiência com pães certamente conseguirá fazer sem a máquina. Acho que não tem mistério, é só sovar e deixar a massa descansar. Eu leria uma receita de pão sovado na mão e faria o mesmo processo com essa massa. Depois me conte se deu certo!

Deixe uma resposta