1

Panqueca Americana de Aveia

Panquecas com no café da manhã, hábito tipicamente americano e delicioso. Minha mãe já fazia isso no Brasil e nós sempre adoramos. Eu vim pra cá e estava ensaiando fazer desde que cheguei. Só hesitei porque eu não tenho uma chapa de ferro. Pensei que eu poderia fazer na frigideira mesmo. Que engano! As panquecas ficaram feinhas, não cresceram como deveriam, não fizeram bolhas como a da minha mãe e eu ainda destruí algumas porque elas grudaram na panela. Pois bem, elas poderiam estar feinhas e deliciosas, o que valeria o post, mas ficaram apenas boas, nada espetacular. Como vocês podem perceber esse post é quase um fracasso culinário, para desmistificar que a gente acerta todo dia ou só come prato arrumado igual os das fotos!

Foram tantos os fatores novos no preparo da panqueca que eu sou incapaz de dizer o que deu errado. Talvez o problema não esteja na receita, mas no tanto que eu me meti nela. Tenho certeza que a panela foi o primeiro fator. Maldito Teflon que tomou conta da América! Ele só não gruda no primeiro dia que você usa. Como ele é super frágil, não aguenta altas temperaturas (uma frigideira de teflon é um atrevimento contra a natureza da panela!) e não pode ser lavado com nada porque teoricamente ele não gruda, a felicidade do primeiro dia dura bem pouco tempo e em poucos meses acaba no lixo. Somado a isso vem o problema com a espátula. Como a frigideira era de teflon a espátula era de plástico. Outro erro porque ela é meio molenga, parece que derrete no calor e a que eu usei não era fina o suficiente para não machucar a panqueca.

Fora o problema com os utensílhos acho que eu tive um problema com a receita! Minha mãe me passou a receita dela, mais do que testada e comprovada, mas eu queria uma panqueca de aveia um pouco mais saudável. Achei várias receitas e escolhi uma que levava buttermilk, mas eu substituí por um iogurte árabe que estava na geladeira. Achei que ele não ia interferir muito no gosto da panqueca, mas o sabor característico do tal iogurte ficou super presente. No final, minha experiência com essa panqueca de aveia não foi das melhores, mas eu estou com uma coleção de outras receitas para testar e no dia que eu achar A receita volto a publicar. Mas isso só acontecerá quando eu tiver de volta a minha chapinha de ferro.

– 2 xícaras de Aveia
– 3 xícaras de Buttermilk*
– 3 Ovos
– 1/2 xícara de Farinha
– 1 1/2 colher de chá de Fermento
– 1 pitada de Sal
– 1 colher de sobremesa de Óleo Vegetal (Canola)
– Manteiga para untar a chapa.

Variações: acrescente 1/2 banana amassada ou 2 colheres de sopa de puré de abóbora.

*pode substituir cada xícara de buttermilk por 1 xícara de leite com 1 colher de sopa de limão ou vinagre.

Coloque a aveia num recipiente grande, misture o buttermilk e deixe descansando durante a noite. Pela manhã, bata bem os ovos e adicione-os ao recipiente junto com todos os outros ingredientes. Aqueça bem uma chapa de ferro. A temperatura é super importante para que as panquecas cresçam. Uma dica é que quando você untar a chapa com a manteiga ela deve fazer aquele barulhinho de grelhado. Passe a manteiga na chapa e despeije com cuidado o líquido na chapa fazendo as panquecas do tamanho que lhe agradar. Bolhas devem surgir na superfície da panqueca. Elas aparecem primeiro nas beiradas, quando toda a superfície da panqueca tiver com bolhas, inclusive o centro (de 2 a 3 minutos), vire a panqueca com uma espátula e deixe por mais aproximadamente 1 minuto ou até dourar esse outro lado. Retire a panqueca da chapa e continue o processo até acabar a massa.

Receita para 4 a 6 pessoas. Depois de prontas as panquecas podem ser congeladas e você terá panquecas a qualquer hora! Quando der vontade, retire do congelador e coloque direto no microondas por uns 2 minutos para descongelar e aquecer.

Sirva quente, com manteiga, maple syrup, mel, geléia…

Favorite Pancakes (essa é a receita mais do que testada da minha mãe. Garantida!)

1 1/4 xícara de Farinha
3 colheres de chá de Fermento
1 colher de sopa de Açucar
1/2 colher de chá de Sal
1 Ovo batido
1 copo de Leite*
2 colheres de sopa de Óleo Vegetal.

Bata bem o ovo, o leite e o óleo. Misture aos poucos todos os ingredientes secos até ficar homogêneo.

*Para panquecas mais finas adicione duas colheres de sopa de leite a receita.

Siga o mesmo procedimento com as panqucas na chapa.

Receitas

PriBorges • 17/03/2009


Previous Post

Next Post

Comments

  1. Mariza Monteiro Borges 19/11/2011 - 13:31 Reply

    Pri, no Better Homes New Cook Book tem uma receita que leva farinha de trigo e “yellow cornmeal”, com o excelente fubá de canjica que existe nas Minas Gerais deve ficar muito boa. Vou lhe mandar a receita. Quem sabe testamos em dezembro.

Deixe uma resposta